Page 1
Standard

Dramaturgismo do espetáculo Dedicatórias

Reelaboração dramatúrgica da segunda temporada do espetáculo Dedicatórias, que esteve em cartaz durante o mês de março e abril de 2017. A obra consistia em um audiotour pelas ruas do bairro do Paraíso, iniciando sua trajetória em um tradicional sebo ao lado do metrô e encerrando sua história no Centro Cultural São Paulo. O espectador, ao chegar, era designado para um dos três caminhos possíveis, que acompanhavam três diferentes personagens em suas jornadas pela cidade, e recebia uma série de áudios em seu celular, que o guiariam pela narrativa.

17309724_10211163212510660_7734989242508968187_n

Standard

Professora na FAPCOM – Faculdade Paulus de Comunicação

Idealizadora e realizadora do curso de extensão universitária Um Espelho para o Mundo – Como as Séries de TV Refletem as Principais Questões da Contemporaneidade. Com duração de 100 horas, o curso pretende traçar um paralelo entre as séries de TV mais relevantes da atualidade e as questões que permeiam o mundo nos dias de hoje. Com aulas com títulos como “Gilmore Girls e a Noção de Comunidade” ou “Orange is the New Black e o novo feminino”, a discussão extrapola os personagens em si para encará-los como produto de seu meio cultural e social.

2833086

Standard

Contemplada com o Proac – Bolsa de Criação Literária em Dramaturgia

No segundo semestre de 2016, fui contemplada com o edital Proac para a criação de um texto teatral a partir do projeto Re.luto – Dramaturgia Indigente. A proposta objetivava a escrita de uma peça a partir do universo dos moradores de rua, que seria desenvolvido ao longo do ano de 2017, com início em fevereiro e finalização no mês de dezembro.

Você confere os vídeos e todas as etapas do projeto clicando aqui.

 

Standard

Laboratório da Cena – Malditos Dramaturgos! na Funarte

Proponente, produtora e dramaturga da ocupação dos Malditos Dramaturgos! na Funarte, como parte do edital Laboratório da Cena, no qual o coletivo foi contemplado para trabalho durante o segundo semestre de 2016. Durante três meses, o grupo desenvolveu o trabalho de escrita colaborativa de um texto teatral a 14 mãos, unindo as potências criativas dos sete artistas malditos. Como disparador para a busca de material, a técnica utilizada foi a do psicodrama, em três sessões abertas ao público que traziam a temática do espetáculo: as possíveis ligações entre amor e violência.

A cena escrita por mim pode ser lida clicando aqui.

14102305_1316290808389232_8181114789425405049_n