Page 1
Standard

Estreia e Temporada de ‘Entre o Trem e a Plataforma’ no CCSP

O espetáculo, escrito em parceria com Lucimar Mutarelli, estreou em setembro no Centro Cultural São Paulo, com um direção de André Cortez, que comandou uma estrutura que ele denominou Theatron, uma espécie de cabine que permite ao público ver a ação ocorrida na lanchonete do centro cultural através de uma janela oculta, e ouvir o espetáculo com o auxílio de fones de ouvido.

21557754_10212855505656931_5184628342064264973_n

Standard

Dramaturgismo do espetáculo Dedicatórias

Reelaboração dramatúrgica da segunda temporada do espetáculo Dedicatórias, que esteve em cartaz durante o mês de março e abril de 2017. A obra consistia em um audiotour pelas ruas do bairro do Paraíso, iniciando sua trajetória em um tradicional sebo ao lado do metrô e encerrando sua história no Centro Cultural São Paulo. O espectador, ao chegar, era designado para um dos três caminhos possíveis, que acompanhavam três diferentes personagens em suas jornadas pela cidade, e recebia uma série de áudios em seu celular, que o guiariam pela narrativa.

17309724_10211163212510660_7734989242508968187_n

Standard

Contemplada com o Proac – Bolsa de Criação Literária em Dramaturgia

No segundo semestre de 2016, fui contemplada com o edital Proac para a criação de um texto teatral a partir do projeto Re.luto – Dramaturgia Indigente. A proposta objetivava a escrita de uma peça a partir do universo dos moradores de rua, que seria desenvolvido ao longo do ano de 2017, com início em fevereiro e finalização no mês de dezembro.

Você confere os vídeos e todas as etapas do projeto clicando aqui.

 

Standard

Laboratório da Cena – Malditos Dramaturgos! na Funarte

Proponente, produtora e dramaturga da ocupação dos Malditos Dramaturgos! na Funarte, como parte do edital Laboratório da Cena, no qual o coletivo foi contemplado para trabalho durante o segundo semestre de 2016. Durante três meses, o grupo desenvolveu o trabalho de escrita colaborativa de um texto teatral a 14 mãos, unindo as potências criativas dos sete artistas malditos. Como disparador para a busca de material, a técnica utilizada foi a do psicodrama, em três sessões abertas ao público que traziam a temática do espetáculo: as possíveis ligações entre amor e violência.

A cena escrita por mim pode ser lida clicando aqui.

14102305_1316290808389232_8181114789425405049_n

Standard

Dramaturgia do espetáculo Onde Fica o Céu dos Suicidas?

Após um ano e meio de processo colaborativo, em julho de 2016, a primeira temporada de Onde Fica o Céu dos Suicidas? estreou no Estação Satyros. O espetáculo, uma investigação poética sobre o suicídio, teve direção de Thammy Alonso e assistência de Luana Miguel. No elenco, Paulo Maeda, Roberta Araújo, Luciana Fontes, Paul Biul e André Pastore.

13620101_1723276977924644_1875650023814329537_n